segunda-feira, 26 de outubro de 2015

(26 de outubro) Coronel José de Lima

Sobre o coronel José Antônio de Lima, o homem que até o presente maior influência exerceu no distrito de São João Nepomuceno, deste município, endereçou-nos as seguintes linhas o sr. tenente Licas de Lima:

“O coronel José Antônio de Lima faleceu em 26 de outubro de 1881 com 58 anos de idade. Foi proprietário neste Estado e no de São Paulo, assim como negociante no Rio de Janeiro.

“O coronel Lima revelou sempre em seus atos muita energia e atividade. Seu notável espírito de ordem e de economia dava idéia de que ele seria um hábil financeiro deste país, se tivesse seguido à carreira das ciências.

“O seu espírito prático e conciliador, com o qual conseguiu sempre a mais perfeita harmonia em importantes questões, proporcionou-lhe o bem merecido título de Juiz de Paz perpétuo.

“Ocupou o coronel Lima o honroso posto de chefe do Partido Liberal, que contava com grande maioria neste distrito.

“Em 1864 foi nomeado tenente-coronel, em 1866 coronel comandante da Guarda Nacional, cargos que exerceu com elevado critério.

“Durante a Guerra do Paraguai prestou muitos bons serviços, enviando forças para a campanha, estimulando o patriotismo e presidindo a revistas da Guarda Nacional nas comarcas de Lavras e de Três Pontas.

“Ocupou quase todos os cargos municipais, tendo sido presidente da Câmara de Lavras.

“Contribuiu bastante para as obras públicas de seu distrito, e assim também para a casa de Misericórdia, teatro e casa de Instrução dessa cidade.

“Na sua vida particular esmerou-se o coronel Lima em dar educação a todos seu filhos, entre os quais se acha o dr. Otaviano Lima”.
--//--

Autor: Firmino Costa, Vida Escolar, n. 13.

Nenhum comentário:

Postar um comentário